Prefeitura de Limoeiro promove VI Conferência de Saúde na Facal

138

Nesta quarta-feira (27), a Prefeitura Municipal de Limoeiro, através da Secretaria Municipal de Saúde, promoveu a VI Conferência Municipal de Saúde, que teve como tema: “Democracia e Saúde: Saúde como direito e consolidação e financiamento do SUS”. Realizado no auditório da Faculdade de Ciências Aplicadas de Limoeiro (Facal), o evento debateu a necessidade de garantir financiamento adequado e suficiente para o Sistema Único de Saúde (SUS), de modo a edificar suas diretrizes, a assegurar a Saúde como direito universal e a reduzir a desigualdade social. O SUS foi criado pela Constituição Federal de 1988 e regulamentado pela Lei nº 8.080/1990.

A mesa da solenidade de abertura foi composta pela secretária de Saúde de Limoeiro e presidente do Conselho Municipal de Saúde, Karla Torres, pelo palestrante da Conferência, José Wendes, pela representante da II Gerência Regional de Saúde de Pernambuco (II Geres), Almerita Ferreira de Araújo e Silva, pela representante do Segmento Trabalhador, Maria Virgínia da Silva Souza, pela representante do Segmento Usuário, José Marcos de Fontes, e pelo secretário de Planejamento da Prefeitura de Limoeiro, Antônio Machado Neto, que representou o prefeito João Luís Ferreira Filho na cerimônia.

Após a leitura do Regimento Interno, desempenhada pela Secretária Geral da Conferência, Annalyce Lira, foi ministrada no espaço a palestra “Democracia e Saúde”. “O SUS é um dos programas de Saúde mais amplos e mais conhecidos do mundo. Ele visa garantir o acesso gratuito e universal à Saúde, sendo ela um direito garantido a todos pela Constituição Federal. Contudo, é estatisticamente comprovado que menos de 4% do PIB são destinados à área. Precisamos trabalhar por um investimento mais adequado para o SUS e por uma melhor estruturação do Sistema. Quanto maior for o acesso aos direitos, mais forte é a Democracia”, apontou o palestrante José Wendes.

Na sequência das atividades houve debates na plenária e apresentação de trabalhos em grupo, cujos eixos temáticos foram “Democracia e Saúde”, “Saúde como direito”, “Consolidação dos princípios do SUS” e “Financiamento adequado e suficiente para o SUS”. Depois do almoço oferecido no evento, foi realizada a plenária final, onde o público apresentou propostas e traçou o planejamento para a IX Conferência Estadual de Saúde de Pernambuco, a qual trabalhará o tema “Saúde não é favor, é direito! Pernambuco em defesa do SUS. Democracia para garantir as conquistas com participação popular” e acontecerá em três Etapas Macrorregionais, nos municípios de Olinda, Garanhuns e Serra Talhada, entre os dias 21 e 24 de maio.